Le Bernardin – NYC

Olá,

Um restaurante especializado em peixes e frutos do mar, o Le Bernadin é uma dica para quem tem o paladar exigente! É um dos sete restaurantes que tem 3 estrelas no Guia Michelin em NYC.

A reserva é obrigatória, e não é tão fácil… Os homens devem vestir obrigatoriamente blazer, como os tradicionais restaurantes europeus!

No almoço o menu com uma entrada, um prato principal e sobremesa tem um valor fixo. O serviço é impecável e a comida perfeita…

De entrada pedimos a vieira, com um molho maravilhoso e o tartare de atum com foie gras! Realmente muito bom!

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Os pratos principais foram: Halibut e Lagosta! A lagosta estava perfeita! Nunca comi nenhuma igual! Textura e sabor surpreendente!

Clique para ampliar

Clique para ampliar

As sobremesas também estavam deliciosas!

Recomendo o Le Bernadin para quem gosta de restaurantes tradicionais e sofisticados. Importante destacar que a comida é realmente sensacional!

 

AMBIENTE: Muito formal

ATENDIMENTO: impecável

CUSTO: $$$$

 

 

 

Le Bilboquet – Restaurante SP

clique para ampliar

clique para ampliar

Oi, esse final de semana fui pra São Paulo e fui em alguns restaurantes que vale a pena compartilhar. O que eu mais gostei dessa vez foi o Le Bilboquet, esse restaurante que já é famoso há tempo em NY agora ta fazendo sucesso por aqui também. A comida é francesa/contemporânea e o ambiente bem descontraído com música agradável. Ótima opção pra um almoço de domingo. Fica no Jardins na rua Vitória Fasano.

clique para ampliar

clique para ampliar

De entrada pedi esse tartar de atum, delicioso!

clique para ampliar

clique para ampliar

Minha amiga pediu essa salada. Eu experimentei e tava deliciosa também.

clique para ampliar

clique para ampliar

Eu pedi esse steak tartar que tinham me recomendado e realmente valeu a pena! Divino!

clique para ampliar

clique para ampliar

Esse é o filet com molho Bernaise e batatas fritas…. muito bom também.

clique para ampliar

clique para ampliar

Esse é o marisco! Não gosto muito, mas minha amiga que pediu adorou!

clique para ampliar

clique para ampliar

De sobremesa pedimos brigadeiro quente com bolacha e morangos e crepe de doce de leite com sorvete. Eu sou fã de brigadeiro, então pedi a primeira.

AMBIENTE: descontraído

ATENDIMENTO: muito bom

CUSTO: $$$

Restaurante RJ – Fasano al mare

clique para ampliar

clique para ampliar

Fui no Fasano al mare no Rio de Janeiro em Ipanema! Já tinha adorado o de São Paulo e queria experimentar a versão carioca. O restaurante é impecável e o atendimento ótimo. Mas claro, a gente paga por tudo isso…

clique para ampliar

clique para ampliar

Veio um consomê de batata baroa delicioso e de entrada pedi um steak tartare, esse eu não achei o máximo, muito bom, mas nada de diferente. Como prato principal pedi o ravioli de vitela com molho de parmesão – PERFEITO. Tomei um Syrah que combinou muito bem!

CUSTO: $$$$

AMBIENTE: sofisticado

ATENDIMENTO: ótimo

AZE sushi – Restaurante SP

Olá, vou falar de mais uma experiência gastronômica em São Paulo, um restaurante japonês, bem japonês, com comida, ambiente e pratos típicos. A casa fica no Itaim  e é comandada pelo chef Yamashita. Eu fiz o menu degustação com 6 pratos, que custou 150 reais.

Dos sushis, no sentido horario: atum torô, cavaquinha, barriga de salmão maçaricada e o meu preferido – vieira.

clique para ampliar

clique para ampliar

Esse prato é bem interessante, tem tofu, ouriço e dashi (caldo de peixe e algas, base da culinária japonesa). Interessante, mas um paladar mais difícil pra mim.

clique para ampliar

clique para ampliar

Essa taça é um dos mais famosos da casa, a base é clara de ovo, tartar de atum e por cima gema de ovo!!! Delícia!

clique para ampliar

clique para ampliar

Ostra gratinada com um molho típico japonês, o karashi, um tipo de mostarda. Delícia!!

clique para ampliar

clique para ampliar

E o prato quente anchova negra curtida dois dias no misso com purê de abóbora. Divino!!!

clique para ampliar

clique para ampliar

Sentei no balcão e conversei com o sushiman, que me explicou cada prato! Muito muito bom… Recomendo!

ATENDiMENTO: muito bom

PREÇO: $$$

Empório Santa Maria – Restaurante SP

Olá, quem já foi no Empório Santa Maria ficou louco que nem eu né? No supermercado já dá vontade comprar tudo! Tem várias opções diferentes, incluindo produtos de padaria, temperos e bebidas, a maior parte deles importados.

Mas em cima do supermercado tem um restaurante japonês despretencioso maravilhoso. Fui na hora do almoço, tomei uma taça de vinho branco, pedi uma entrada de salada de vieiras e me deliciei com vários tipos de sushi.

clique para ampliar

clique para ampliar

De duplas de sushi eu pedi: salmão grelhado (só com maçarico), polvo, atum, ovas de peixe voador e vieiras.

clique para ampliar

clique para ampliar

E para finalizar com os melhores: enguia e atum torô com foie gras!!! Divinos!

clique para ampliar

clique para ampliar

ATENDIMENTO: bom

CUSTO: $$$

Epice – Restaurante SP

Epice é considerado entre os 50 melhores restaurantes da América Latina, que fica no Jardins em SP e está sob o comando do chef Alberto Landgraf.

clique para ampliar

Olá, tive a oportunidade de ir no Epice, considerado entre os 50 melhores restaurantes da América Latina, que fica no Jardins em SP e está sob o comando do chef Alberto Landgraf. Fiquei impressionada com comida, o atendimento e com a atenção do chef. O cardápio é pequeno e parece simples, até chegar o prato, obras de arte, com uma riqueza de sabores e texturas…. Achei o preço ótimo para a experiência gastronômica. O prato varia de 70 a 80 reais e a carta de vinhos bem justa.

Pedi um robalo, que vinha com farofa de amêndoas, alho porró crocante, molho vierge (que é tipo vinagrete mas feito com limão siciliano) e o acompanhamento dos deuses: purê de limão!!! Incrível, feito com a casca de limão siciliano… só experimentando.

Confit de paleta de leitão, abóbora japonesa, lasanha de leitão e leite de amêndoas.

clique para ampliar

O outro prato que experimentei foi o Leitão Caipira! O porco realmente parece ser o carro chefe da casa… No cardápio ainda tinha pé de porco de opção. Nesse vinha um confit de paleta de leitão, abóbora japonesa, lasanha de leitão e leite de amêndoas…. Também incrível!!!

ABACAXI: sobremesa com abacaxi crocante, sorbet de abacaxi e mousse de côco.

clique para ampliar

De sobremesa pedi ABACAXI: era uma sobremesa com abacaxi crocante, sorbet de abacaxi e mousse de côco. Nunca peço fruta de sobremesa… mas essa eu recomendo demais.

clique para ampliar

clique para ampliar

Um dos melhores restaurantes que já fui, que quero voltar para fazer o menu degustação.

ATENDIMENTO: ótimo

CUSTO: $$$

Restaurante RJ – Olympe

No restaurante do chef Claude Troisgros pedi o menu criação com os pratos Saint Jacques: ceviche de vieiras e palmito, mousse de haddock e tapioca caviar, Fois gras: com pêras ao vinho tinto, torrada de fccaccia e molho agridoce, Risotto: camarões com azeite de trufas brancas e espuma de cogumelos, Agneau: canon de cordeiro em roupa de shitake, batata crisp e parmesão.

clique para ampliar

Eu sou super fã do Claude Troigros, foi assistindo os programas dele e com o livro dele Que Marravilha que eu comecei a cozinhar e não parei mais. Acho as receitas deles muito dinâmicas, a maior parte delas rápidas e fáceis de executar… Os ingredientes que as vezes são difíceis.

Assim, eu não podia deixar de ir nos restaurantes dele no Rio. O principal e o mais refinado é o Olympe, que fica na Lagoa. O restaurante é pequeno, muito charmoso, com mais gente servindo do que sendo servida, no estilo francês clássico.

Fiquei quase maluca com o cardápio, então pedi o Menu Criação, um tipo de Menu Degustação que você pode escolher 4 pratos e 1 sobremesa… Menos mal pra quem queria comer tudo 🙂

Os meus escolhidos foram:

Saint Jacques: ceviche de vieiras e palmito, mousse de haddock e tapioca caviar.

Fois gras: com pêras ao vinho tinto, torrada de fccaccia e molho agridoce.

– Risotto: camarões com azeite de trufas brancas e espuma de cogumelos.

Agneau: canon de cordeiro em roupa de shitake, batata crisp e parmesão.

Sobremesa escolhi a que vinha duas 🙂 Brulle e chocolate: creme brulle, mousse de chocolate apimentada e palito de doce de leite.

Pedi creme brulle, mousse de chocolate apimentada e palito de doce de leite

clique para ampliar

Amei, super recomendo, mas é uma experiência carinha! O Menu Criação custa 260 reais, pelo mesmo preço, dá pra pedir o Menu Confiança, em que os pratos são surpresa. Os pratos a la carte variam de 60 a 120 reais.

AMBIENTE: Muito bom

CUSTO: $$$$

Restaurante Míconos – Kounelas

Frutos do mar em Miconos

Clique para ampliar

Vou falar do lugar que eu fui e realmente foi o melhor em relação a culinária – Grécia. A comida mediterrânea é muito parecida com a nossa aqui em Floripa, mudando só alguns temperos.

Os citrinos, as azeitonas e as uvas, por exemplo, são frutas típicas desta região, assim como várias ervas aromáticas como a salsa, a hortelã e muitas outras. O queijo feta, um queijo coalhado feito com leite de cabra e de ovelha, é típico da Grécia, e o melhor que existe, é mais leve que os queijos de cabras franceses. Achamos esse queijo em todos os lugares, natural ou grelhado com azeite… perfeito.

As carnes, feitas geralmente grelhadas, incluem uma variedade de peixes e frutos do mar . O polvo aparece em todos os lugares, dá até pra enjoar. O cordeiro é outra opção que aparece com frequencia nos cardápios.

Esse restaurante foi indicado pelo concierge do hotel, muito simples mas típico. Combina muito com a Grécia… No meio das ruelas no centrinho de Míconos, escolhemos peixes e frutos do mar frescos direto no freezer/geladeira. Eles colocam em uma churrasqueira e servem com arroz branco e batatas com limão e azeite de oliva.

Peixes camarão, polvo e lagosta

Clique para ampliar

Eu pedi um SNAPPER, que é o Pargo, uma carne bem branquinha, fresca e o sabor muito suave. Tomei um vinho branco Grego bem gelado que combinou muito bem.

Pargo com batatas em miconos

Clique para ampiar

CUSTO: $$

AMBIENTE: simples

ATENDIMENTO: bom

Restaurante Istambul – HAMDI

A culinária da Turquia, com herança otomana pela localização mistura sabores da Ásia e do Mediterrâneo Oriental. Da Ásia vem o iogurte (yufka) e a massa filo ou phyllo, da Europa Oriental o “charutinho” (dolma), feito de folha de videira, kebab, begendi (pasta de beringela), hummus (pasta de grão de bico), o pilaf de arroz, ricota e pistache.

A localização estratégica de Istambul permite uma variedade de peixes e carnes, destacando-se o cordeiro… Minha preferida. As comidas são bastante condimentadas, com uma riqueza de temperos, muito diferentes do que estamos habituados.

O HAMDI, foi uma surpresa na viagem, o restaurante que o guia indicou, bem turístico, do lado do Bazar de Especiarias no centro de Istambul… Daqueles que a gente pensa que é “pega-turista”, mas não é não! Dos restaurantes que eu fui lá, foi o que eu mais gostei. Comida super típica, atendimento ótimo e preço muito justo (foi o mais barato da viagem). Não sei dizer quanto foi, porque até agora não consegui entender aquele dinheiro 🙂

"Charutinhos", hummus, além das pastinhas de iogurte e beringela com o pão pita (casca fininha, ele vem inflado e quentinho

Clique para ampliar

Entrada pedimos os “charutinhos”, hummus, além das pastinhas de iogurte e beringela com o pão pita (casca fininha, ele vem inflado e quentinho – sensacional).

Prato principal um kafta de cordeiro, que acompanhava um pilaf de arroz bem temperado com páprica.

Para beber, quem gosta de cerveja tem a Efes, que quem tomou adorou. Eu pedi um vinho rose da Turquia mesmo, bem clarinho, com a cor daqueles de Cote de Provence, mas o sabor bem diferente, leve, bem bom e barato.

Tudo já estava muito bom, mas o melhor ainda foi a vista: da uma olhada na vista do restaurante. Para o Chifre de Ouro, um estuário que divide o lado europeu da cidade.

Estuario que divide o lado europeu da cidade de Istambul

Clique para ampliar