Arroz de Pato

Olá
Hoje a receita é de um prato típico português que adoramos! O arroz de Pato é uma ótima opção para receber seus convidados.

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Eu peguei essa receita no “Que Marravilha” e dei uma adaptada…. Ela é bem trabalhosa e leva tempo… então separe pelo menos 2 dias para fazê-la. Ela é para 8 pessoas.

Ingredientes PARTE 1 (para marinar o pato):
– 1 pato de +/- 3kg

– Alecrim, tomilho e louro (a gosto)

– 4 dentes de alho cortadinhos

– 1 colher (sopa) de coloral

– Sal e pimenta-do-reino branca moída na hora (a gosto)

– 1 colher (sopa) de azeite

Modo de fazer: Abra o pato, descole a pele e coloque a mistura desses temperos dentro da pele. Coloque o pato dentro de um saco de assar e deixe na geladeira marinando (deixei 12h). Coloque para assar por 4 hoiras em foguo baixo 120 – 130 graus.

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Ingredientes PARTE 2:

– 200 gramas de shitake coratinhos;

– 100 gramas de bacon;

– 1/2 linguiça Blumenau;

– 1/2 xic de cebola cortadinha;

– 1/2 xic de ervilhas;

– arroz amarelão (1 kilo);

– cald de cogumelos (ou de legumes).

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Modo de fazer: Em uma frigideira coloque um fio de azeite e coloque o shitake, deixe murchar, misture com as ervilhas e tempere com sal e pimenta;

Em uma panela maior quando estiver quente coloque o bacon e em seguida a cebola, deixe refogar um pouco e em seguida a linguicinha Blumenau em fatias finas. Coloque o arroz e aos poucos o caldo. Mexa de vez em quando, sempre colocando caldo para nao secar. Quando o arroz estiver quase pronto, coloque o pato desfiado da PARTE 1 e em seguida o shitake com as ervilhas. Acerte o sal e a pimenta.

clique para ampliar

clique para ampliar

O pato fica muito saboroso… recomento utilizá-lo não apenas pro arroz mas para outras receitas.

Clique para ampliar

Clique para ampliar

 

TEMPO: 24 horas.

DIFICULDADE: difícil

CUSTO: $$

Anúncios

Penne com shitake e crocante de parma

Olá, jantarzinho rápido durante a semana com ingredientes que eu repito bastante, porque eu adoro. Penne com shitake e crocante de parma. Vamos fazer para 4 pessoas.

clique para ampliar

clique para ampliar

Ingredientes:

– massa, eu usei penne cerca de 300 gramas;

– 2 colheres (sopa) de cebola picadinha;

– 1 colher (sopa) de manteiga;

– 1 pacote de shitake cortado em fatias;

– 1 pacote de parma;

– 2 colheres (sopa) de creme de leite – é opcional;

– sal e pimenta do reino moída a gosto;

– parmesão a gosto após a montagem.

clique para ampliar

clique para ampliar

Modo de fazer:

1. Parma: esse parma crocante eu já coloquei o passo a passo no risoto. Pra quem não leu: envolva cada fatia em papel toalha e os coloque no microondas por cerca de 2 minutos, porém vá intercalando de 30 e 30 segundos pra ver a textura. Quando estiver bem crocante sem queimar está pronto. Só quebrar na mão e guardar para decorar.

clique para ampliar

clique para ampliar

2. Massa: Coloque a água a ferver com azeite e sal e sem seguida coloque a massa até ficar al dente.

3. Shitake: Vamos refogar a cebola na manteiga com um fio de azeite, quando a cebola estiver transparente (cerca de 5 min) coloque o shitake fatiado e deixe murchar, eu coloquei 1/2 taça de vinho nessa hora. Coloque creme de leite se quiser o molho mais cremoso. Acerte o sal e a pimenta.

clique para ampliar

clique para ampliar

Agora é só escorrer a massa e misturar com o shitake.

clique para ampliar

clique para ampliar

Coloque o parma crocante e o queijo ralado.

TEMPO: 20 min

DIFICULDADE: fácil

CUSTO: $$

 

Cogumelo Paris na manteiga

clique para ampliar

clique para ampliar

Olá, essa é mais uma dica do que uma receita! Eu adoro cogumelos e acho que combina com tudo! Fiz um refogado de cogumelos Paris para servir como acompanhamento, puro. Mas essa mesma receita podemos fazer pra usar na salada, na cobertura de bruschetta, com massa e com carne. Olha que fácil.

Ingredientes:

– 200 gramas de cogumelos Paris.

– 2 colheres (sopa) de cebola cortadinha;

– 1 colher (sopa) de manteiga;

– sal e pimenta a gosto.

clique para ampiar

clique para ampiar

Modo de fazer: Refogue a cebola na manteiga, com um fio de óleo em fogo baixo por 5 min. Acrescente os cogumelos cortados em 4 e mexa de vez em quando. Dá pra colocar um pouquinho de vinho branco, para quem gosta, nesse momento (até 1/2 xic). Deixa os cogumelos murcharem, coloque sal e pimenta e pronto. Só servir.

clique para ampliar

clique para ampliar

TEMPO: 10 min

DIFICULDADE: fácil

CUSTO: $

Creme de shitake e shimeji

Molho delicioso e fácil que eu aprendi em uma receita do livro "Que marravilha"! No livro esse creme acompanha um frango crocante, como eu não gosto muito de frango, eu já testei com filet, polvo e também só com uma massinha e combinou muito bem.

clique para ampliar

Olá hoje vou falar de um molho delicioso e fácil que eu aprendi em uma receita do livro “Que marravilha”! No livro esse creme acompanha um frango crocante, como eu não gosto muito de frango, eu já testei com filet, polvo e também só com uma massinha e combinou muito bem.

Outra coisa, a receita é com shitake, eu já testei com shimeji e fica ótimo também… Só escolher o cogumelo da sua preferência.

Ingredientes:

– 2 colheres (sopa) de manteiga;

– 2 colheres (sopa) de azeite;

– 1/2 xic de cebola picadinha;

– 2 dentes de alho picadinho;

– 500 gramas de shitake ou shimeji;

– 1 taça de vinho branco;

– 200 ml de creme de leite fresco (nata);

– Sal e pimenta do reino a gosto.

Modo de fazer: Fatie o shitake ou o shimeji. Refogue em uma frigideira alta a cebola e o alho com a manteiga e o azeite por 5 minutos. Acrescente o shitake/shimeji e deixe em fogo baixo até que eles murchem. Coloque o vinho branco e deixe reduzir. Acrescente o creme de leite e deixe até ferver. Tempere com sal e pimenta do reino.

Eu já fiz várias vezes e faz o maior sucesso. Aí estou mostrando as opções! Com filet e com polvo, ambos acompanhados por uma massinha só na manteiga.

clique para ampliar

Eu já fiz várias vezes e faz o maior sucesso. Aí estou mostrando as opções! Com filet e com polvo, ambos acompanhados por uma massinha só na manteiga.

clique para ampliar

Tá com uma cara boa esse polvo né? Vai ser meu próximo post 🙂

As próximas informações são só do creme, hein!

TEMPO: 20 min.

DIFICULDADE: média

CUSTO: $

Talharim de pupunha com camarões e shimeji

Refogue a cebola no azeite por 5 min, até que a cebola fique transparente e coloque o shimeji e os camarões. Deixe grelhando por mais 5 minutos e coloque o vinho, mexa por mais 5 minutos e finalize com o cottage. Coloque sal, pimenta e cebolinha, acrescente o pupunha ralado.

clique para ampliar

Olá, vamos fazer uma receitinha mais leve, que eu já fiz várias vezes porque adoro, mas dessa vez tem visita que ta na dieta sem glúten e sem lactose, então troquei a manteiga pelo azeite de oliva e o creme de leite fresco por cottage sem lactose, e continuou muito saborosa. Talharim de pupunha com camarões e shimeji.

Ingredientes:

– 1 palmito pupunha;

– 1/2 kg de camarões (tempere com sal, pimenta e limão);

– 250 gr de shimeji;

– 1 taça de vinho branco;

– 1/2 xic da cebola picadinha;

– 1 colher (sopa) de azeite de oliva;

– 250 gramas de cottage lac free (opção para creme de leite fresco);

– sal, pimenta do reino e cebolinha a gosto.

Modo de fazer:

Envolva o palmito sem a casca em papel alumínio e coloque em um forno pré-aquecido a 180 graus por 30 min. Deixe esfriar e rale com ralador comum ou corte com a faca.

Refogue a cebola no azeite por 5 min, até que a cebola fique transparente e coloque o shimeji e os camarões. Deixe grelhando por mais 5 minutos e coloque o vinho, mexa por mais 5 minutos e finalize com o cottage. Coloque sal, pimenta e cebolinha, acrescente o pupunha ralado. Eu servi na panela mesmo!

TEMPO: 1 hora.

DIFICULDADE: médio

CUSTO: $$$.

Bruschettas

Três sabores: o clássico com tomate, cogumelos com parmesão e a que mais faz sucesso - cebola caramelizada com gorgonzola.

clique para ampliar

Vamos fazer entradinhas que dependendo da quantidade e variedade nem precisa de prato principal. Hoje vamos fazer com três sabores: o clássico com tomate, cogumelos com parmesão e a que mais faz sucesso – cebola caramelizada com gorgonzola. Vamos fazer umas 4 bruschettas de cada sabor.

A primeira dica é comprar um pão italiano de boa qualidade. Uma vez comprei um qualquer no supermercado e não ficou bom. A segunda é molhar o pão com um azeitinho de oliva antes de cobrir com o recheio.

Bruschetta de tomate

Ingredientes:

– 2 tomates grandes cortados em cubinhos sem pele e semente;

– folhinhas de manjericão;

– 1 dente de alho;

– sal e pimenta do reino moída na hora;

– azeite de oliva;

– parmesão ralado.

Modo de fazer: depois de pincelar o azeite no pão, passe o alho por cima do azeite só para dar gosto. Misture os cubinhos de tomate com azeite de oliva, manjericão, sal e pimenta. Cubra o pão e coloque o queijo ralado por cima.

Brusquetta de cogumelos

Ingredientes:

– 100 gramas de cogumelos picados (pode ser shimeji, shitake ou paris);

– cebolinha picadinha;

– azeite de oliva;

– sal e pimenta do reino moída na hora;

– parmesão ralado.

Modo de fazer: Numa frigideira quente coloque o azeite e em seguida o cogumelo, deixe refogando até murchar. Coloque sal e pimenta. Cubra o pão e em seguida coloque o queijo ralado.

Bruschetta de cebola caramelizada com gorgonzola

Ingredientes.

– 2 cebolas picadas;

– 1 colher (sopa) de açucar mascavo;

– shoyu a gosto (usei 1 colher de sopa);

– azeite de oliva;

– queijo gorgonzola.

Modo de fazer: Coloque a cebola na frigideira em fogo médio com um fio de azeite para dourar. Mexa até que as cebolas fiquem levemente douradas. Diminua o fogo e acrescente o shoyu sobre a cebola. Mexa mais um pouco e adicione o açúcar mascavo. Continue mexendo até o açúcar dissolver no shoyu e tampe a frigideira. Deixe refogando por uns 15 a 20 minutos e misture tudo a cada 5 minutos (sempre em fogo bem baixo). Destampe a panela depois de 15 a 20 minutos, as cebolas devem estar desta forma (ainda existe bastante líquido). Deixe o molho reduzindo por mais uns 20 a 30 minutos, mas tome cuidado e mexa de tempos em tempos para não queimar o fundo da panela. Assim que não houver mais líquido e as cebolas tiverem absorvido quase todo o shoyu e o açúcar, desligue.

Coloque a cebola e em seguida o gorgonzola picadinho.

Deixe o forno pré-aquecido em 180 graus e deixe as bruschettas até que o queijo derreta. De 10 a 20 minutos.

Obs: essa receita de cebola caramelizada é bem mais complexa do que a que eu falei no post hamburguer, mas é a minha preferida. Demora mais mas vale a pena.

TEMPO: 1 hora

DIFICULDADE: fácil

CUSTO: $

Com mão na massa

A massa tomando forma na maquina de macarrão

clique para ampliar

Olá, não tem massa melhor do que a massa caseira né? Quando ela ta bem fresquinha mesmo, antes de congelar, ela fica perfeita.

Foi por isso que eu comprei uma máquina de fazer massa, igual ao que via nos programas de culinária…. Ela é muito simples de manusear, a parte mais difícil é sovar a massa e limpar a sujeira 🙂 Esse programinha precisa de mais tempo e de alguém (de preferência um homem) para amassar a massa.

clique para ampliar

Os ingredientes para a massa são 500 gramas de trigo para 5 ovos… Óleo só para untar as mãos enquanto se sova a massa. Já usei farinha integral também e ficou muito boa.

Macarrão fresquinho só na manteiga. Fica tão gostoso que nem precisa de molho.

clique para ampliar

Eu fiz com molhos bolonhesa e cogumelos…. Aguardem as receitas em um outro post, em breve 🙂 !

clique para ampliar